Untitled Document

11/06/2018 - 06h37
Jerónimo de Sousa defende a "aposta no Aeroporto de Beja"

O Secretário Geral do PCP acompanhou, no Centro Cultural de Cuba, os trabalhos da 9ª Assembleia da Organização Regional de Beja do Partido Comunista Português (PCP). No final do encontro Jerónimo de Sousa frisou que o "distrito de Beja e o Alentejo têm sido desprezados pelos sucessivos governos" e disse "que o partido está bem vivo, mas que é preciso continuar a cuidar dele".
Nesta 9ª Assembleia, que teve como lema: “Com a luta dos trabalhadores e do povo, reforçar o PCP, desenvolver a região”, participaram mais de duas centenas de delegados, representativos de todas as organizações do partido na região e foi discutido o Projeto de Resolução Política, que esteve desde o dia 27 de Abril em discussão nas organizações de base e nas quais recolheu um conjunto de contributos. O documento foi apreciado e analisado e na sua fórmula final contém o fundamental para a intervenção política do partido na região. Foi contudo, o secretário-geral do PCP quem identificou as propostas e as metas dos comunistas para o desenvolvimento e solução dos problemas da região.
Jerónimo de Sousa começou por dizer que o PCP "não é um partido igual aos outros" e que não diz uma coisa nos momentos eleitorais e outra fora deles. Neste contexto, aludindo a algumas particularidades da região - como a sua base económica, a terra, a riqueza do seu subsolo, de que são exemplo as jazidas de zinco e cobre, o seu rico património, beleza natural e cultural diversificada- pediu mais políticas de dinamização da atividade turística e de apoio às famílias com crianças, como forma, entre outras, de combater o envelhecimento e perda de população a que o território tem vindo a assistir.

Jerónimo de Sousa exigiu a concretização das acessibilidades do distrito, identificando os projetos que têm ficado adiados, assim como a modernização e electrificação da linha férrea Beja/Casa Branca/Beja. Sem esquecer os projetos de resolução apresentados sobre a construção da segunda fase do Hospital de Beja, recordou que os mesmos foram aprovados, mas sem o voto favorável dos deputados do PS.

11/06/2018 - 06h37


Som:

 
 
Mais Notícias

Juvenis da Zona Azul continuam imparáveis
(11/12/2018 - 08h33)
Castro Verde promove Concurso de Montras de Natal
(11/12/2018 - 08h30)
Ourique vai ter Balcões de atendimento não permanente da PSP
(11/12/2018 - 08h29)
Murpi satisfeito com 2018, mas quer mais
(10/12/2018 - 08h29)
Guerra aberta entre Bombeiros e o Governo
(10/12/2018 - 08h27)

anterior - seguinte